Nesta segunda-feira (12/08) a Prefeitura do Rio de Janeiro inaugurou um novo centro cirúrgico veterinário no bairro de Santa Cruz e agora oferecerá, ainda este mês, mais mil vagas para castração gratuita de cães e gatos.

O serviço de castração, que antes era oferecido apenas no Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman (IJV), em São Cristóvão (Zona Norte do Rio), a partir de agora também será oferecido no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) Paulo Dacorso Filho, localizado no Largo do Bodegão em Santa Cruz. A nova unidade passa a integrar a estrutura da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa).

Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) Paulo Dacorso Filho, no Largo do Bodegão em Santa Cruz.

O prefeito Marcelo Crivella declarou que essa nova unidade (que levará o nome da médica-veterinária mestre em clínica cirúrgica, Valéria dos Santos Carvalho. Que ingressou na Prefeitura do Rio em 1991 por concurso público e seguiu atuando até 2012. Tendo todos os 21 anos de profissão dedicados ao centro cirúrgico do IJV) foi uma iniciativa para atender as solicitações dos moradores da Zona Oeste. Local onde se concentra a maior população de cães e gatos da cidade. E ainda afirmou que as ofertas de castrações serão muito maiores, pois na gestão passada, não passavam de 3,5 mil por ano.

Segundo a médica-veterinária Márcia Rolim, que assume a frente da Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses (vinculada à Secretaria Municipal de Saúde), “a castração faz parte das ações de prevenção de riscos à saúde pública. Ela diminui a ansiedade e o estresse nos animais, contribuindo para a redução de doenças graves, como o câncer e a esporotricose. Esta cirurgia permite mais tempo de vida a cães e gatos, menos gastos para seus donos e economias com ações de políticas públicas, em um ciclo que traz ganhos expressivos para todos”.

Quando assumiu a Vigilância em 2017, Márcia Rolim, conseguiu subir de 10 para 14 o número de castrações diárias. E com o reforço do Mutirão da Castração atingiu a marca de mais de 130 vagas, a cada dois meses, exclusivas para gatos. Visando conter a epidemia de esporotricose (lesões causadas em felinos por um fungo existente na terra e que podem ser transmitidas ao homem). E os programas da Prefeitura, voltados para a Zoonoses, mantiveram seu crescimento. Atingindo em janeiro desse ano, a contratação de 35 veterinários e levando os atendimentos à cães e gatos no IJV à um aumento de 50 para 100, diariamente. Além das castrações que subiram de 400 para 1200 por mês e o tratamento da esporotricose que teve um aumento de 200 novos atendimentos por mês.

Nesse novo centro cirúrgico, em Santa Cruz, as operações serão realizadas com equipamentos modernos e os animais receberão todos os cuidados necessários antes e depois das cirurgias que, em média, duram meia hora para a castração de um cachorro e 15 minutos para a de um gato. Cães e gatos receberão anestesia inalatória e local no pré e no pós-operatório.

A Subvisa já está trabalhando para que, em breve, a marcação de cirurgias em ambas as unidades seja feita on-line através do portal Carioca Digital. Mas, por enquanto, os agendamentos para castração só podem ser feitos presencialmente. No IJV (Avenida Bartolomeu de Gusmão, 1120, São Cristóvão – RJ) e no CCZ (Largo do Bodegão, 150, Santa Cruz – RJ), das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira. A marcação para a cirurgia de gatos machos e fêmeas e de cães machos é feita apenas pelo dono, sem a necessidade da presença do animal. Já as cirurgias em cadelas, necessitam que as mesmas sejam levadas no dia do agendamento. Pois as cadelas devem realizar exames pré-operatórios no dia da marcação. E em caso de impedimento de estar presente na data da cirurgia, o dono do animal deve procurar a unidade para fazer um reagendamento.

O CCZ Santa Cruz, em funcionamento desde 1987, oferece também outros serviços como:
-vacinação antirrábica diariamente;
-tratamento da esporotricose;
-ações de atendimento, orientação e monitoramento de zoonoses;
-retirada de animais de grande porte das vias públicas;
-através da Central 1746 o CCZ realiza inspeções sanitárias em criações de animais em estabelecimentos/clínicas veterinárias, estabelecimentos que comercializam animais e produtos veterinários e em eventos com animais;
-as equipes do CCZ também atuam com orientações e monitoramento de infestação de insetos, roedores, pombos, morcegos e peçonhentos.

Responder

  1. Luis Carlos Ferreira de Lima

    Boa noite vcs castram cães da raça Pit Bull

  2. Virginia Helena De Oliveira Ribeiro E Silva

    Bom dia! Eu preciso saber como é que eu faço para castrar a minha gata ?

  3. Marta Ribeiro Cazumbá de Assis

    Ainda estão agendando cães?ou já acabou às vagas?

  4. Carlos

    Bom dia tem gato gastaria de saber como castar 2195460224