Nessa segunda-feira (22/07) estava sendo estudada e debatida, pela equipe econômica do atual governo, a proposta de que os trabalhadores poderiam sacar até R$ 500,00 por conta de FGTS. Ou seja, se um trabalhador possuir 2 contas, por exemplo, poderia sacar até mil reais.

Esse saque seria uma alternativa para este ano. Visto que já se passaram 6 meses e com isso, é praticamente inviável, montar um calendário de pagamento usando como referência a data de nascimento dos trabalhadores. Além do que, existe uma grande quantidade de contas com saldo abaixo desse valor.

A equipe econômica tem a previsão de informar e divulgar os critérios para o saque na quarta-feira (24/07).

Para o ano que vem a alternativa seria liberar o dinheiro a partir de uma porcentagem de base em relação ao saldo da conta. Sendo um percentual maior para quem tem menos e um percentual menor para quem tem mais.

Responder