De acordo com Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil, o presidente Jair Bolsonaro assinará na tarde desta quarta-feira (24/07) a Medida Provisória que permitirá saques de contas ativas e inativas do FGTS e do PIS-Pasep.

Os saques serão liberados a partir de agosto desse ano e irão até março de 2020. O limite de saque, este ano, será de R$500,00 por conta (sejam contas de empregos atuais ou anteriores). Já no ano que vem, pode haver uma modificação nesse valor de saque.

liberação fgts

Segundo o ministro, será aplicado um percentual (ainda à ser definido) com a intenção de que quem tem menos recursos possa sacar mais e quem tem mais recursos, possa sacar menos. Permitindo aos trabalhadores com menos recursos sacarem um valor que lhes seja significativo.

Onyx também afirmou que essa medida vai acrescentar R$30 bilhões na economia do país, ainda este ano. E R$10 bilhões em 2020.

Responder