A castração de animais de estimação, principalmente de cães e gatos, ainda é um assunto que gera muitas polêmicas.

Aqui estão algumas informações que vão acabar com os mitos em torno desse assunto e vão sanar as dúvidas dos tutores.

A castração sempre deve ser realizada por um cirurgião veterinário.

1- Fêmeas precisam cruzar, pelo menos uma vez, antes da castração.
MENTIRA! Quanto mais cedo for feita a cirurgia, melhor para a saúde do animal. Aliás, recomenda-se que a castração seja feita antes do primeiro cio (entre 4 e 6 meses de idade), tanto em fêmeas quanto em machos.

2- A cirurgia é complicada e o animal irá sofrer para ser castrado.
MENTIRA! A cirurgia é simples e o animal não sente nenhum desconforto durante o procedimento, pois é totalmente feita com anestesia geral. Durando, no máximo, uma hora e meia. E após a cirurgia, o animal é medicado para que não sinta dores e é liberado no mesmo dia. Depois da liberação a recuperação total pode levar entre 7 e 12 dias.

3- Acasalar não tem ligação com melhoria do comportamento do animal.
VERDADE! Aliás, animais cuja agitação está relacionada com disputa sexual, como por exemplo: um macho sempre brigar com outro quando há uma fêmea por perto, a castração pode resolver esse tipo de comportamento.

4- A castração não é a causa do aumento de peso no animal.
VERDADE! Cães e gatos (de ambos os sexos) que possuem uma alimentação adequada, realizam as atividades físicas necessárias e recomendadas e são saudáveis (sem nenhum tipo de problema hormonal, por exemplo) não vão engordar somente por terem sido castrados.

5- A castração previne doenças.
VERDADE! De acordo com estudos, por exemplo: se uma cadela não for castrada antes do primeiro cio, as chances dela ter um câncer de mama aumentam cerca de 99,95%. Fêmeas castradas não entram mais no cio. Isso evita a agressividade por excitação sexual constante e elimina a gravidez psicológica, que é uma das causas da infecção das mamas. Já nos machos, a castração evita o câncer de próstata e testículos.

6- A castração deixa o animal mais tranquilo.
MEIA VERDADE! Depende de cada caso. Se o animal for muito hiperativo, do tipo que late e desobedece ordens, a castração não irá modificar o comportamento. Mas se a agitação estiver relacionada com disputa sexual (como um macho sempre brigar com outro quando há uma fêmea por perto) a castração pode resolver.

7- A castração faz com que o animal fique mais caseiro.
VERDADE! Em geral, os animais costumam ir para a rua com o intuito de satisfazer seu instinto sexual. Isso acontece, principalmente, com os gatos. Depois da castração essa necessidade deixará de existir. Fazendo com que, consequentemente, essas saídas diminuam ou até mesmo nunca mais aconteçam.

8- O investimento é muito alto.
MENTIRA! Alguns veterinários ainda cobram um valor alto pela cirurgia, mas hoje em dia ela pode ser feita de maneira totalmente gratuita nos Centros de Zoonoses da Prefeitura.

Responder